IBGE abre mais de 200 mil vagas para o Censo 2022

censo 2022 ibge
Foto: Divulgação IBGE/Prefeitura de Aliança(PE)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com processo seletivo aberto para mais de 200 mil vagas para o Censo 2022 em todo o Brasil. Confira abaixo os requisitos e as funções disponíveis:

Recenseador

Segundo informado pelo IBGE, são 183.021 vagas de recenseadores, que vão trabalhar na coleta de informações do Censo Demográfico 2022. São vagas de nível fundamental distribuídas em 5.297 municípios do país. As inscrições vão até o dia 29 de dezembro de 2021 e o candidato deve escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa para participar da seleção é de R$ 57,50 e pode ser paga até 25 de janeiro. A prova será aplicada na manhã do dia 27 de março de 2022. A previsão é que os aprovados trabalhem por até três meses na coleta domiciliar.

Como os recenseadores são remunerados por produtividade, o IBGE preparou um simulador online, que calcula quanto o profissional vai receber de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados. A jornada de trabalho recomendável para os recenseadores é de, no mínimo, 25 horas semanais.


Agente Censitário Supervisor (ACS) e Agente Censitário Municipal (ACM)

São 18.420 oportunidades para agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM), ambas de nível médio. Os salários são de R$ 1.700 e R$ 2.100, respectivamente. Além do salário, ACM e ACS terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital. As inscrições podem ser feitas até o dia 29 deste mês e a taxa de inscrição é de R$ 60,50, podendo ser paga até o dia 25 de janeiro. A prova será realizada em 27 de março no período da tarde. As inscrições para recenseador e agentes censitários podem ser feitas no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Agente censitário de administração e informática (ACAI) e coordenador censitário de área (CCA)

As vagas são de nível médio e, segundo divulgado, são 1.781 para agente censitário de administração e informática (ACAI) e 31 para coordenador censitário de área (CCA). As inscrições custam R$ 44 para ACAI e R$ 66 para CCA e podem ser feitas até 10 de janeiro de 2022 no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). Os salários são de R$ 1.700 para ACAI e de R$ 3.677,27 para CCA, com jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias para ambas as funções. Para a função de coordenador censitário de área, é obrigatório ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) definitiva ou provisória, no mínimo categoria B, no prazo de validade.

Isenção de taxa para pessoas de baixa renda

Os processos seletivos para o Censo 2022 permitem a solicitação da isenção do pagamento da taxa de inscrição para pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico.

Para recenseador, o pedido deverá ser feito até o dia 29 de dezembro. Após o envio dos dados e documentação necessária, a solicitação passará por uma análise. O resultado preliminar dos pedidos de isenção de taxa será no dia 11 de janeiro, cabendo recursos nos dias 12 e 13 de janeiro. No dia 24 de janeiro, sai o resultado definitivo. Caso o pedido de isenção seja indeferido, o candidato poderá pagar a taxa até o dia 25 de janeiro.

Protocolos de segurança contra a Covid-19

O IBGE ressalta que todas as etapas do Censo 2022, incluindo as provas, treinamentos e a coleta dos dados, seguirão os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19. No dia do exame, o candidato que descumprir as medidas de proteção (uso de máscara e distanciamento social) será eliminado do processo seletivo.

Ciente do contexto de pandemia, o diretor adjunto de Pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo, acrescenta que o Instituto está desenvolvendo protocolos que garantam a segurança do recenseador e do morador durante a coleta das informações. Além dos procedimentos de segurança, como uso de máscara, álcool e distanciamento mínimo, o morador terá a opção de responder ao recenseador presencialmente, por telefone ou ainda preencher o questionário pela internet.

“Essas três formas de coleta serão utilizadas durante a operação do Censo 2022. De qualquer forma, o recenseador terá que ir ao domicílio, seja para realizar a entrevista no local, obter o telefone do morador ou fornecer o link e a chave de acesso ao questionário para que o próprio morador preencha o questionário pela internet. O IBGE vai visitar mais de 70 milhões de domicílios. Estamos trabalhando para que a pesquisa que retrata o país seja realizada com segurança para todos”, garante Cimar.

Quer mais dicas e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Semanalmente, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail: https://bit.ly/2M4XhD2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *