Segurança em Alphaville: o que as prefeituras e instituições privadas vêm fazendo em 2022 para manter o bairro e seus arredores mais seguros?

Segurança em Alphaville: o que as prefeituras e instituições privadas vêm fazendo em 2022 para manter o bairro e seus arredores mais seguros?
Foto: Benjamim Sepúlvida / Secom Barueri

A região de Alphaville é conhecida por oferecer qualidade de vida aos seus moradores e frequentadores, seja por sua segurança, arborização e planejamento do bairro, bem como por suas vias de acesso, condomínios comerciais, residenciais e polo industrial. Mas, ultimamente, o bairro tem ganhado visibilidade também por notícias e casos relatados nas redes sociais e até na grande mídia que têm assustado quem vive por aqui.

Por isso, procuramos as prefeituras de Barueri e de Santana de Parnaíba, que prontamente nos retornaram com informações bastante úteis sobre as principais ações tomadas para garantir a segurança nesses municípios, assim como a Area e o Centro Comercial Alphaville, que são referência em monitoramento na região.

Antes de tudo, vamos explicar a importância de se registrar um Boletim de Ocorrência e qual a função das Guardas Civis Municipais (GCM) para zelar pelo patrimônio público e que, com o advento da Lei Federal 13022/2014, tiveram sua área de atuação ampliada, o que permitiu melhorar o apoio às instituições responsáveis pela Segurança Pública.

Importância do registro do Boletim de Ocorrência

Segundo o Comandante Geral da GCM de Santana de Parnaíba, Antonio Zinczynszyn, o registro do Boletim de Ocorrência é importante para nortear duas vertentes: a da “Polícia Civil” e a da “Polícia Militar e Guarda Civil Municipal”. E qual a diferença entre elas?

Para a Polícia Civil, a “Polícia Judiciária Investigativa”, o Boletim de Ocorrência é o ato inicial da investigação. Após o registro, um Inquérito ou um Termo Circunstanciado será instaurado para averiguação do ato criminoso, danoso. Já no âmbito da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal, as “Polícias Preventivas”, o Boletim de Ocorrência subsidia as tomadas de decisões quanto à utilização dos recursos. “É por meio do indicador criminal que os efetivos são empregados dentro da mancha criminal, realizando ações e operações policiais para a devida sensação de segurança na supremacia do interesse público”, explica o Comandante Antonio.

Há ocorrências que podem ser registradas online: roubo ou furto de veículos; furto de documentos, celular, placa de veículo e bicicleta; perda de documentos, celular e placa de veículo; roubo de documentos, celulares e/ou objetos; injúria, calúnia ou difamação; acidente de trânsito sem vítimas; desaparecimento de pessoas; encontro de pessoas; furto de fios e cabos em vias públicas (somente para empresas concessionárias); violência doméstica; outras ocorrências; e depa – proteção animal.

Principais funções da Guarda Civil Municipal

Antes de falar da GCM, é importante citar que a responsabilidade constitucional pela Segurança Pública é do Estado por meio da Polícia Civil e da Polícia Militar. Os municípios podem e devem colaborar com a segurança naquilo que for de sua governança, ou seja, promover o bem-estar social: iluminação pública, corte do mato, mobilidade urbana, asfaltamento de vias, saneamento básico, melhora do ambiente escolar e indução ao estudo, viabilização de empregos, etc. Isso tudo visando a eliminação de ambientes permissivos e propícios ao cometimento de crimes.

“Tudo isso, Santana de Parnaíba vem fazendo exemplarmente com uma GCM forte e preparada para cooperar com a segurança dos munícipes”, diz o Comandante Antonio. “Nossa cidade colabora e conquista um dos melhores índices de redução de indicadores criminais do Estado. A tabulação estatística é feita pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e está disponível em sua página eletrônica para consulta de qualquer cidadão”, detalha.

Barueri tem redução de crimes e investe em defesa social
Segurança em Alphaville: o que as prefeituras e instituições privadas vêm fazendo em 2022 para manter o bairro e seus arredores mais seguros?
Foto: Ricardo Santos / Secom Barueri

A Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri esclarece que no mês de janeiro deste ano, comparado ao mesmo mês de 2021, houve redução nos indicadores de roubo e furto de veículos na ordem de 85,7%, e em relação a dezembro de 2021 para janeiro de 2022, redução de 66,7% nestes mesmos delitos (dados do Infocrim, CAP/SSP).

Por ora, o município está implementando um novo conceito de defesa social, atuando em três vertentes. A primeira é continuar no trabalho já consolidado de redução dos índices criminais. A segunda é a da proteção social, cujas ações dos agentes possam fazer com que se mude a percepção da população, enxergando a política de segurança do município como “garantidora de direitos”. E a terceira vertente refere-se ao socorro de urgência, em que a Guarda Civil Municipal será ainda mais capacitada com qualificação técnica para diversos atendimentos, dentre os quais atendimentos de emergência em ocorrências da saúde e da defesa civil.

Para tanto, está em fase de formulação um novo desenho de gestão por resultados com base em investimentos tecnológicos, no sentido de criar maior interoperabilidade de sistemas e informações, garantindo desta maneira o acionamento sistêmico de ferramentas de análise e tomada de decisão, além de investimentos no capital humano por meio de um sistema de educação continuada para desenvolver os conhecimentos e habilidades necessários para as novas missões.

A partir da implementação dessas inovações, pretende-se que os sistemas já existentes a serviço da segurança e mobilidade urbana, tais como o monitoramento por câmeras, o georrefenciamento das equipes e a telecomunicação aumentem sensivelmente a eficiência da prestação de serviços e permitam além da prevenção, hoje já existente, também a predição dos delitos, diminuindo ainda mais os crimes e aumentando a sensação de segurança dos cidadãos.

Outro investimento é o curso de drones realizado neste mês por servidores públicos que ajudará não só na segurança, mas também na fiscalização. Cerca de 25 pessoas da GCM, Defesa Civil, Secretarias de Mobilidade Urbana, de Obras, de Habitação e de Comunicação aprenderam técnicas para operação dos sistemas de aeronaves remotamente pilotadas.

Os drones são usados em eventos públicos, operações policiais, na fiscalização de pontos de desmatamento de áreas verdes, no geoprocessamento das áreas do município, em verificações de locais abandonados, entre outras aplicações. O subinspetor da GCM, Emerson Faria de Souza, explica que o uso de drones nessas operações oferece rapidez, objetividade e, principalmente, preserva a integridade do agente. “Para a GCM, esse curso vem para quebrar paradigmas, no sentido de inserir cada vez mais a tecnologia em nossas atividades”, afirmou o subinspetor.

Segurança de Barueri é referência internacional

A área da segurança de Barueri se tornou referência internacional e, em junho de 2019, a comitiva de policiais chineses do Governo Municipal de Xuzhou, da Província de Jiangsu, veio conhecer o sistema de videomonitoramento, os equipamentos de GPS e os novos aparelhos de rádio wirelles, específicos para patrulhamento. Assim como, em fevereiro de 2022, agentes de segurança do Peru e do México também conheceram as instalações de segurança baruerienses.

“Percebemos que a polícia daqui é muito responsável e competente. Muitas das coisas que vimos iremos implantar em nosso município como medidas preventivas”, afirmou na ocasião Sun Lei, diretor do Setor de Imigração do Departamento Municipal da Segurança Pública de Xuzhou.

Os investimentos em Segurança Pública Municipal de Santana de Parnaíba
Segurança em Alphaville: o que as prefeituras e instituições privadas vêm fazendo em 2022 para manter o bairro e seus arredores mais seguros?
Foto: Secom Santana de Parnaíba

A Prefeitura de Santana de Parnaíba instituiu o Gabinete Estratégico, subordinado à Secretária Municipal da Casa Civil, na qual, em tempo real, todas as ações do município são acompanhadas. “Nos últimos oito anos, investiu também na Segurança Pública Municipal, com aquisição de equipamentos de ponta para a GCM, como armas, coletes, viaturas, novas instalações e sistemas de monitoramento da cidade, que propiciam uma cerca eletrônica em todo o município e o mais importante, o treinamento e a qualificação constante dos guardas civis municipais”, explica Comandante Geral da GCM de Santana de Parnaíba, Antonio Zinczynszyn.

Além disso, a Guarda Civil Municipal, por meio da instituição do policiamento inteligente, vem elaborando seu planejamento operacional dentro de um modelo gerencial mensurado pelos indicadores bem como aplicando estratégias adequadas, privilegiando a estatística criminal e a sensação de segurança no acompanhamento da dinâmica criminal.

“Nós realizamos diversas ações e técnicas de combate à criminalidade por meio de cartões de programa de patrulhamento definidos a partir da leitura da distribuição dos indicadores criminais, por faixa de hora e de dia, e alocação dos recursos estabelecida de acordo com a necessidade de cada indicador”, afirma o Comandante Antonio. É esse modelo de policiamento que é feito pela GCM de Santana de Parnaíba em Alphaville e Tamboré, que privilegia a integração da GCM com a comunidade. “Nossas ações são auditadas diariamente, visando o diagnóstico de eventuais não conformidades e a consequente aplicação de ações corretivas”, explica.

A GCM aplica ainda o planejamento de ação corretiva para melhoria do processo frente às incidências criminais, que consiste em identificação do problema, análise do fenômeno e do processo, além dos planos de execução, verificação e padronização, Problema de Localização de Máxima Cobertura (PLMC) e da Árvore Geradora Mínima (AGM), analisando diversos indicadores e o desempenho nas várias unidades organizacionais, estruturando-as de maneira a aperfeiçoar a utilização de recursos e a agregar mais valor às entregas produzidas, conferindo aos processos caráter mais racionais. Atualmente, a GCM opera com um efetivo de 400 guardas e uma frota que consiste em 40 viaturas e 10 motocicletas.

Sistema Detecta também monitora a região

O Detecta é um sistema de monitoramento inteligente implantado pelo Governo do Estado de São Paulo em 2014 e que funciona na região. Ele é composto pelo monitoramento realizado por câmeras e combinado com o maior banco de dados de informações policiais da América Latina.

Estão integrados ao sistema os bancos de dados das Polícias Civil e Militar, do Registro Digital de Ocorrências (RDO), Instituto de Identificação (IIRGD), Sistema Operacional da Polícia Militar (SIOPM-190), Sistema de Fotos Criminais (Fotocrim), além de dados de veículos e de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do Detran, o que favorece as ações policiais em locais em que existe esse sistema, proporcionando para ações mais pontuais e com mais assertividade.

Os dados reúnem informações e fotos de criminosos procurados, cadastro de pessoas desaparecidas, dados sobre a situação de veículos, se estão com os documentos em ordem, de foram furtados, roubados ou clonados.

Com esse sistema, segundo dados do Centro de Inovação e Tecnologia (CIT), em Barueri houve queda de 43% no roubo de veículos em 2017 e mais de 20 veículos foram recuperados entre janeiro e abril de 2018.

Mais segurança em Alphaville
Segurança em Alphaville: o que as prefeituras e instituições privadas vêm fazendo em 2022 para manter o bairro e seus arredores mais seguros?
Foto: Reprodução Instagram @areaalphaville

Desde 1980, a Associação Residencial e Empresarial de Alphaville (Area) atua de forma suplementar aos serviços públicos de manutenção, segurança e controle urbanístico. Atualmente, em parceria com a GCM, possui 115 câmeras, 20 veículos e equipe com mais de 100 profissionais, o que torna a região do Centro Empresarial Alphaville um dos locais mais seguros da região. O atendimento inclui também os condomínios verticais e empresas.

Visando garantir cada vez mais segurança, a Area fez investimentos significativos para a ampliação do Sistema de CFTV-Monitoramento por intermédio de câmeras de segurança, sendo que um dos destaques é o centro de treinamento para capacitação e reciclagem de toda a equipe. Seus profissionais são constantemente treinados sobre liderança tática de abordagem, combates a incêndios e atendimento público.

A associação conta com call boxes, instalados a cada 200 m, nas alamedas e avenidas. Os SOS Fones de Emergência estão disponíveis para atender as chamadas da população e estabelecem comunicação direta com a Base Alpha de Vigilância. Há ainda fones de emergência, câmeras speed dome e fixas espalhadas ao longo de todo o Centro Empresarial de Alphaville.

A Area também monitora gratuitamente os alarmes das empresas associadas. Ao primeiro toque, uma viatura é enviada para o local, evitando, desta forma, qualquer tipo de furto, incêndio ou outros transtornos.

CCA é exemplo de segurança para trabalho, compras e passeios
Segurança em Alphaville: o que as prefeituras e instituições privadas vêm fazendo em 2022 para manter o bairro e seus arredores mais seguros?
Foto: Divulgação / CCA

O Centro Comercial Alphaville (CCA) foi o primeiro centro de compras e serviços da região, projetado pelos próprios fundadores do bairro e, desde então, busca oferecer o melhor para todos os moradores, trabalhadores e visitantes de Alphaville. Além da segurança 24h, a equipe de Bombeiros Civis do CCA está sempre preparada para atuar na prevenção de incêndios e prestar primeiros socorros.

Seu sistema de monitoramento já é referência na região e, atualmente, está em expansão. Já são mais de 300 câmeras instaladas e em pleno funcionamento, que auxiliam a equipe de segurança a manter os olhos atentos em todos os cantos do complexo, incluindo as entradas de veículos e pedestres. Todas as imagens são protegidas nos termos da lei. Como resultado, o registro de ocorrências no CCA é próximo a zero e, dos poucos casos registrados, a taxa de resolução ultrapassa os 90%.

Na pandemia, em que a maioria dos estabelecimentos se mantiveram fechados, foi necessária uma reorganização dos processos de trabalho a fim de garantir a proteção dos vigilantes. Para isso, o CCA reforçou a cautela com a higiene e a limpeza, uma vez que o contato próximo com as pessoas é fator inerente à área de vigilância patrimonial, seja prestando informações aos clientes ou mesmo em situações mais graves, como socorros de urgências e atendimento de ocorrências que atentem contra o patrimônio. Além disso, o trabalho de vigilância teve papel primordial na proteção do patrimônio e dos bens mantidos no interior dos estabelecimentos.

“Temos orgulho em ser referência na região, mas não nos deixamos acomodar. Com foco em oferecer sempre o melhor, nosso desafio atual é aprimorar o trabalho de inteligência na gestão da segurança, adotando novas estratégias operacionais para que estejamos sempre preparados para toda e qualquer modalidade de ocorrência e, assim, possamos proporcionar um ambiente ainda mais seguro para as pessoas podem circular e gerir seus negócios”, disse João Roberto Gimenes, Chefe de Segurança do CCA.

TELEFONES ÚTEIS

1ª Cia do 20º BPM/M – Parque dos Camargos/Silveira – Barueri
Tel.: (11) 4201-3224

1º Distrito Policial – Jardim Silveira/Silveira – Barueri
Tel.: (11) 4201-3199 e (11) 4201-1173

2º Distrito Policial – Alphaville – Barueri
Tel.: (11) 4195-2725 e (11) 4193-6610

5ª Cia 20º BPM/M – Vila Pindorama/Cruz Preta – Barueri
Tel.: (11) 4161-4182 e (11) 4161-5717

20º BPM/M – Cmd. de Policiamento de Área Metropolitano – Centro – Barueri
Tel.: (11) 4198-3300 e (11) 4198-1626

Area – Associação Residencial e Empresarial de Alphaville
Tel.: (11) 4191-2300

Base Alpha de Segurança – Barueri
Tel.: (11) 4191-2300

Base do Pelotão da Força Tática da PM – Parque Imperial – Barueri
Tel.: (11) 4199-0863

Centro Comercial Alphaville
Tel.: (11) 4196-6555, (11) 4196-6590, (11) 4196-6565, (11) 4196-6573 e (11) 4196-6601

CIT – Centro de Inovação e Tecnologia – Barueri
https://portal.barueri.sp.gov.br/cit/

Delegacia da Mulher – Santana de Parnaíba
Tel.: (11) 4154-4157

Delegacia de Defesa da Mulher – Barueri
Tel.: (11) 4198-0522

Delegacia de Defesa do Idoso – Jardim Silveira – Barueri
Tel.: (11) 4201-1918 e (11) 4201-2088

Delegacia de Polícia de Meio Ambiente e Produtos Controlados – Jd. Boa Vista – Barueri
Tel.: (11) 4198-6308

Delegacia de Polícia de Santana de Parnaíba
Tel.: (11) 4154-2999

Delegacia Sede do Município – Vila Boa Vista – Barueri
Tel.: (11) 4198-1476 e (11) 4198-1639

DISE – Delegacia de Polícia de Investigação sobre Entorpecentes – Jd. Boa Vista – Barueri
Tel.: (11) 4198-6241

Disque Denúncia
181

Guarda Municipal – Jardim Belval – Barueri
Tel.: (11) 4163-3782

Guarda Municipal – Parque Viana – Barueri
Tel.: (11) 4194-7623

Inspetoria Operacional Alphaville Tamboré – Santana de Parnaíba
Tel.: (11) 4152-3499

Inspetoria Operacional Fazendinha – Santana de Parnaíba
Tel.: (11) 4156-6400

Inspetoria Operacional Parque Santana – Santana de Parnaíba
Tel.: (11) 4151-2741

Polícia Civil do Estado de São Paulo
197
https://www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br/ssp-de-cidadao/home

Polícia Militar
190

Polícia Militar – Posto Alphaville Residencial 2 – Barueri
Tel.: (11) 4191-1270

Polícia Militar – Posto Tamboré – Barueri
Tel.: (11) 4191-4928

Polícia Militar Rodoviária – Barueri
Tel.: (11) 4163-5033

Proteção ao Idoso – Santana de Parnaíba
Tel.: (11) 4622-7500 – R. 7076

Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri
Tel.: (11) 4199-1400

SIG – Delegacia de Polícia Setor de Investigações Gerais e Grupo Antissequestro – Jd. Boa Vista – Barueri
Tel.: (11) 4198-6358

Quartel Geral da Guarda Civil Municipal de Santana de Parnaíba
Tel.: (11) 4622-8900, (11) 4154-1138, 153 (emergência) e 0800-161-532 (disque-denúncia)

Quer mais dicas e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Semanalmente, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail: https://bit.ly/2M4XhD2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.