Covid-19: Pesquisadores da USP isolam variante ômicron

Foto: Freepik Tecnologia foto criado por DCStudio – br.freepik.com

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) conseguiram isolar a cepa da variante ômicron do sars-cov-2. Segundo informado pelo Instituto, as amostras da variante estão sendo cultivadas em células e, dentro de duas semanas, começarão a ser distribuídas para laboratórios com Nível 3 de Biossegurança (NB-3) e pesquisadores de todas as regiões do Brasil. A intenção é que isso ajude a detectar a disseminação da ômicron pelo país. 

Além disso, o isolamento da nova cepa permitirá avaliar a eficácia das vacinas contra a variante ômicron que estão sendo aplicadas atualmente na população. Segundo o professor do ICB e coordenador do projeto, Edison Luiz Durigon, é a primeira vez que a cepa ômicron é isolada no Brasil. 

A cepa da variante ômicron foi detectada pela primeira vez no país em um casal de brasileiros que mora na África do Sul e que veio ao Brasil a passeio. Eles passaram por exames no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, que detectou a infecção pelo coronavírus e encaminhou amostras ao ICB na última quarta-feira, 8. “Essa amostra foi rapidamente sequenciada pelo hospital, que confirmou que era a cepa ômicron. Pegamos essa amostra e colocamos em cultura de célula”, explica Durigon.

A previsão é de que no período de duas semanas haverá um estoque suficiente de vírus cultivados para dar início à distribuição pelo país. “Estamos preparando alíquotas da cepa ômicron para poder distribuir para laboratórios e grupos de pesquisadores que queiram padronizar novos testes para identificar essa variante rapidamente em outras cidades e Estados”, afirma o professor. 

 

Fonte: Agência Fapesp

 

 

Quer mais dicas e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Semanalmente, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail: https://bit.ly/2M4XhD2

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *