Anvisa aprova vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos

Foto: Canva

Ontem, 16, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a aplicação da vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos. A autorização veio após uma análise técnica de dados e estudos clínicos conduzidos pelo laboratório. Segundo a equipe técnica da Agência, as informações avaliadas indicam que a vacina é segura e eficaz para o público infantil, conforme solicitado pela Pfizer e autorizado pela Anvisa. A aprovação permite que a vacina já seja usada no país, porém, a chegada do imunizante aos postos de saúde depende do calendário e da logística do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. 

De acordo com a Agência,  a vacina que será aplicada em crianças terá dosagem e composição diferentes daquela utilizada para os maiores de 12 anos. Será aplicada em duas doses de 0,2 ml (equivalente a 10 microgramas) com pelo menos 21 dias de intervalo. A embalagem também será diferente. A tampa do frasco virá na cor laranja a fim de facilitar a identificação pelas equipes de vacinação e também pelos pais, mães e cuidadores que levarão as crianças para serem vacinadas. Para maiores de 12 anos, a vacina terá tampa na cor roxa e será aplicada em doses de 0,3 ml. 

Outra distinção é o esquema de conservação. A vacina pode ficar por 10 semanas em temperatura de 2ºC a 8ºC. Para a avaliação da ampliação da faixa etária, a Anvisa contou com a consulta e o acompanhamento de um grupo de especialistas em pediatria e imunologia que teve acesso aos dados dos estudos e resultados apresentados pelo laboratório. Participaram especialistas da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) e Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). 

 

 

Quer mais dicas e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Semanalmente, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail: https://bit.ly/2M4XhD2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *