Férias escolares com etiqueta

*Por Tatianna Covolato

As tão esperadas férias chegaram! Por que não aproveitar esse tempo e praticar a etiqueta com as crianças?

Como pais e responsáveis, ensinar nossos filhos a desenvolverem suas habilidades sociais, incluindo como interagir educadamente em situações cotidianas, é um dos trabalhos mais importantes que temos.

Ensiná-los também a usar as boas maneiras é uma forma simples de introduzir os valores de bondade e respeito – de que o mundo muito precisa – e, principalmente, como as nossas ações podem afetar os outros.

Somos ótimos inspiradores de nossos filhos. Muito se resume a nós como pais, como falamos, nos comportamos e interagimos com as pessoas à nossa volta.

Em casa, visitando, atividades fora de casa ou mesmo em viagem, a boa etiqueta é sempre muito importante. A chave do sucesso é começar desde cedo. Por que não aproveitar as férias e praticar? Acompanhe algumas dicas!

Lembre-se da prévia comunicação, converse individualmente com a criança como espera que ela se comporte em determinada situação. O que é combinado não sai caro! De acordo com a idade, as recompensas ao bom comportamento funcionam e as incentivam.

Com atividades fora de casa, certifique-se de que seus filhos estejam bem descansados e a refeição dentro do horário de costume. Planeje para sair de casa mais cedo – imprevistos acontecem. Tudo isso também irá colaborar para o bom comportamento da criança fora de casa.

Ah! Não se esqueça da vestimenta, importante também desde cedo saber como se vestir para cada ocasião. Bem-vestidos, porém confortáveis, roupas passadas, limpas, cabelos escovados e unhas em dia.

Para levar brinquedos, avalie o local e se os brinquedos com ruídos ou sons poderão incomodar. Se necessário, tenha fones de ouvido para jogos ou músicas.

Ensine as crianças a cumprimentar e parabenizar quando for a ocasião. Sempre olhar nos olhos e sorrir. Importante orientar o momento de dizer por favor, obrigado, de nada e com licença. Em viagem fora do seu país, ensine essas mesmas palavras no idioma local, desde cedo aprenderá a abrir muitas portas.

Em casa, as boas maneiras à mesa são ótimas ocasiões para serem praticadas. Além da mesa posta de acordo com a idade, entender o porquê do posicionamento dos talheres, pratos, copos e guardanapos – como usar e segurar. Celulares e tablets não fazem parte da composição de mesa.

Comece pelo básico, tudo se tornará um hábito: lavar as mãos antes das refeições, colocar o guardanapo no colo e saber usá-lo também antes de beber, não falar de boca cheia, dizer por favor e obrigado, não interromper para falar e pedir licença.

Cuidado com o fluxo interminável de instruções para uma criança que não corresponde: “cotovelos para fora da mesa”, “sente-se direito”, “não fale com a boca cheia”, “comida dentro do prato”, “use a faca”. Ao invés, inicie um aprendizado por vez, cada um no seu tempo e sem sobrecarregá-los ou transformar o momento da refeição pouco prazeroso.

Incentive o seu filho a experimentar alimentos novos e desconhecidos, sejam eles oferecidos em casa, em um evento social ou em um restaurante. Converse com seu filho sobre a importância de não fazer comentários negativos sobre alimentos de que ele não goste.

Alguns alimentos são mais complicados de comer do que outros e poderá ser útil dar às crianças algumas dicas sobre como lidar; como hambúrgueres, espigas de milho, espaguete e sushi e em qual situações alguns deles poderão ser pegos com as mãos.

Não há como negar que a vida moderna pode ser atarefada, mas, sempre que possível, tenha refeições em família e cultive os bons momentos ao redor de uma mesa. Incentive as crianças a falar sobre o seu dia ou selecione tópicos apropriados para a idade e que todos da família possam participar.

Sem dúvida, as crianças vão adorar esta conexão, além de se tornarem “etiquetes”, mais confiantes e preparadas para lidar em diversas ocasiões!

Atividades para tentar em casa
– Faça um gráfico de recompensas para cada membro da família (incluindo mamãe e papai) com todas as maneiras à mesa que seus filhos precisam trabalhar.

– Faça com que seu filho planeje uma refeição que inclua sopa, entrada, prato principal, queijo e sobremesa.

– Pratique o uso da configuração correta, desenhando-a em um pedaço de papel e etiquetando os utensílios na ordem em que são usados.

– Coloque um pequeno sino ao lado da mesa de jantar e toque-o quando alguém mastigar com a boca aberta, se apoiar no cotovelo ou fizer outra coisa que não seja considerada. Peça às crianças que adivinhem qual regra foi quebrada.

– Conte com a ajuda de seu filho para planejar cardápios de uma semana que incluam alimentos que eles nunca experimentaram.

*Você pode encontrar mais dicas sobre atividades com temas de boas maneiras e etiqueta com a especialista Tatianna Covolato na sua página do Instagram @etiquettebytati (Executive & Etiquette Consulting) – Etiqueta Social, Corporativa e à Mesa. 

Quer mais dicas e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Semanalmente, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail: https://bit.ly/2M4XhD2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *