Prefeituras negam aplicação de vacinas vencidas contra a covid-19

A notícia divulgada na última sexta-feira, dia 2/7, pela Folha de S. Paulo de que milhares de vacinas da AstraZeneca contra a covid-19 foram aplicadas no Brasil fora da data de validade causou grande impacto em vários municípios. De acordo com o levantamento, baseado em registros oficiais divulgados pelo Ministério da Saúde, até 19/6, 1.532 cidades utilizaram as doses vencidas.

Segundo com esses registros, Barueri teria aplicado 15 doses dos lotes indicados como fora da data de validade e Santana de Parnaíba, três doses. As prefeituras emitiram notas de esclarecimento negando o ocorrido. Confira a seguir:

Barueri
A Secretaria de Saúde de Barueri contestou. A Coordenadoria de Vigilância em Saúde, responsável por todos os imunobiológicos que chegam à cidade, garante que nenhuma vacina fora da validade foi enviada a qualquer polo de vacinação. Segundo o comunicado, o Setor de Imunização realiza uma conferência bastante criteriosa antes de enviar qualquer dose às unidades de saúde.

A prefeitura ainda afirma que a velocidade com que a vacinação vem sendo feita na cidade também aponta discrepância. De acordo com a Vigilância em Saúde, não daria tempo de as doses vencerem, já que são imediatamente usadas tão logo chegam à cidade, acabando rapidamente.

Os especialistas da Saúde municipal acreditam que houve alguma divergência no sistema de dados do Ministério da Saúde, como erro de digitação ou até mesmo divulgação tardia de dados de algumas imunizações.

A Secretaria de Saúde divulgou as datas de recebimento de todas as remessas de AstraZeneca no município, bem como as datas de aplicação:

– 1º lote: recebido em 26/1 e aplicado até 6/2 com vencimento em 14/4;
– 2º lote: recebido em 26/2 e aplicado até 5/3 com vencimento em 22/6;
– 3º lote: recebido em 10/4 e aplicado até 15/4 com vencimento em 7/9.

Santana de Parnaíba
A Prefeitura de Santana de Parnaíba informou que não houve aplicações de vacinas vencidas e ressaltou que a vacinação, bem como todas as ações da administração municipal, acontece com total lisura, transparência e responsabilidade.

Segundo o comunicado, as pessoas imunizadas na cidade podem ficar tranquilas com relação aos protocolos utilizados, que seguem os mais rígidos procedimentos sanitários para garantir a saúde dos munícipes e a qualidade das vacinas.

Quer mais dicas e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Semanalmente, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail: https://bit.ly/2M4XhD2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *