Rússia x Ucrânia x OTAN – Entenda o básico sobre o conflito

otan-logo-o que e
Foto: Pixabay – Daniel Dias Pardillo

Na última quarta-feira, dia 21/2, a Rússia declarou guerra à Ucrânia. Qual a razão do conflito? Por que o presidente russo, Vladimir Putin, decidiu invadir o país vizinho neste momento?

A essência do conflito é a preocupação em manter a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) distante do território russo. Putin justifica que a medida é necessária para defesa estratégica de seu país.

Além disso, a crise entre a Rússia e a Ucrânia envolve também os Estados Unidos e a OTAN e tem origem no fim da Guerra Fria. Com o enfraquecimento dos regimes comunistas, a aliança militar entre europeus e americanos avançou rumo leste, incluindo países que antes eram da esfera soviética.

Mas, afinal, o que é OTAN? Entenda aqui o que é e qual o seu papel no conflito.

O que é OTAN? 

A sigla OTAN significa Organização do Tratado do Atlântico Norte, também conhecida como Aliança Atlântica ou Aliança Militar do Ocidente. Que corresponde a um pacto que foi feito em 1949 com a finalidade de impedir à ameaça de expansão da União Soviética na Europa depois da Segunda Guerra Mundial. 

Quais países fazem parte dessa aliança? 

Inicialmente, a aliança contava com 12 países, mas foi crescendo e a lista de países que fazem parte da Otan aumentou de tamanho, hoje os membros da Otan são: 

Estados Unidos; Canadá; Bélgica; Dinamarca; França; Holanda; Islândia; Itália; Luxemburgo; Noruega; Portugal; Reino Unido; Grécia; Alemanha; Espanha; Polônia; República Tcheca; Hungria; Bulgária; Estônia; Letônia; Lituânia; Romênia; Eslováquia; Eslovênia; Croácia; Albânia; Turquia; Macedônia. 

O Brasil faz parte da OTAN? 

O Brasil não faz parte da Otan. No entanto, desde 2019, o país é considerado um aliado da organização, apelidado de aliado preferencial extra-Otan. 

Qual objetivo da OTAN? 

O objetivo principal e que predomina na OTAN é garantir a segurança dos países parceiros por via política, ou até mesmo, militar. 

Qual papel da OTAN na guerra entre Rússia e Ucrânia? 

Sobre o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, classificou o ataque da Rússia como não provocado e irresponsável em comunicado oficial nesta quinta-feira (24). 

Stoltenberg apontou a invasão como um risco contra a vida de inúmeros inocentes. 

“Condenamos veementemente a decisão da Rússia de estender o reconhecimento às regiões separatistas do leste da Ucrânia. Isso viola ainda mais a soberania e a integridade territorial da Ucrânia e viola os acordos de Minsk, dos quais a Rússia é signatária. Os Aliados nunca aceitarão este reconhecimento ilegal”, afirmou. 

A OTAN declarou que tomará as medidas para garantir a segurança dos países aliados. A Rússia teria grandes problemas com a Organização. 

 

Quer mais dicas e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Semanalmente, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail: https://bit.ly/2M4XhD2  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.