Roubos causam corrida para bloquear Pix; saiba quem notificar

Roubos causam corrida para bloquear Pix; saiba quem notificar
Foto: Pexels / Pixabay

Desde que o Pix se popularizou no Brasil, roubos e furtos de celular passaram a ser uma “corrida contra o tempo” para que a vítima consiga bloquear os apps de banco o quanto antes, já que o aparelho pode ser destravado por quadrilhas especializadas que conseguem invadir contas bancárias.

Por isso, é importante saber o que fazer em caso de roubo ou furto de celular e como evitar ser alvo desse tipo de crime. Veja a seguir:

Se tiver o celular roubado, acione o banco imediatamente para pedir o bloqueio do aplicativo e das transferências. Isso pode ser feito por telefones listados na internet ou por outros canais em sites das instituições financeiras.

Troque também as senhas de todos os aplicativos que possam ter informações sensíveis, como e-mail, e notifique a operadora de telefonia. Quando o pedido é validado pela operadora, é feito o bloqueio da linha, evitando o acesso a informações do chip para que os criminosos não entrem em contato com pessoas pelo celular para aplicar mais golpes.

Para fazer o bloqueio completo do aparelho, a operadora pode pedir dados pessoais, número do boletim de ocorrência e o IMEI (sigla para International Mobile Equipment Identity), que é um registro de identificação próprio de cada celular. Caso não tenha o IMEI, você pode obtê-lo discando o comando *#06# no telefone. O número é informado logo em seguida.

Fonte: CNN Brasil


Quer mais dicas e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Semanalmente, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail:
https://bit.ly/2M4XhD2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.