Etiqueta com crianças

Por Tatianna Covolato*

Dia das Crianças em poucos dias, também uma oportunidade para rever como está a “etiqueta” de nossas crianças. Inclui serem gentil, atenciosas e respeitosas com todos ao seu redor. A chave das boas maneiras é começar desde cedo.

Os pais e responsáveis são os primeiros conhecedores para saber o que ensinar e esperar “individualmente” de cada filho – de acordo com a personalidade, destreza e maturidade. Também lembrar que família, ambiente que convivem e amigos são potenciais influenciadores e os pais os seus primeiros “modelos”.

Desde pequeno, na fase da percepção dos sentidos, inicia-se com o conhecimento da comunicação, tom de voz, trato, respeito e amor. O ambiente em que convive passa a ensinar estes valores.

Em seguida, agrega-se a interação social e a presença à mesa de forma mais frequente. Encorajar refeições em família é sempre grandioso para que as crianças entendam desde cedo o que se espera delas durante uma refeição.

Já na escola a interação social passa a ser parte do dia a dia. A partir deste momento, é importante reforçar hábitos e tratos. Respeito aos colegas e profissionais da escola.

Com o tempo, as crianças passam a evidenciar uma imagem e quando já adultos ocorre uma fase de polimento na qual se atinge o padrão de excelência nas interações sociais e profissionais.

Alguns pontos de reflexão da etiqueta com crianças:

Etiqueta Social
– Usar por favor, obrigado e com licença todos os dias.
– Interromper ou saber aguardar quando outros estiverem falando.
– Avalie os comentários alheios, de preferência aos agradáveis.
– Esteja disposto a ajudar alguém em necessidade.
– Saber reconhecer outros e elogiar.
– Como convidar alguém para ingressar em um grupo se estiver sozinho.
– Saber colocar-se no lugar de outros.
– Visitando, saiba como cumprimentar de forma apropriada.
– Vestir de acordo com a ocasião.
– Ter uma linguagem corporal positiva, postura em sofás e pés a mesa; como se sentar, como andar, posição das mãos. Atenção aos gestos!
– Quando usar celulares, tablet e fones de ouvido. Postagem de fotos e comentários em mídias sociais.
– Sempre bater em uma porta antes de abri-la.
– Nos ambientes em que frequentar, procure deixá-los em ordem para outros.
– Fazer contato visual ao falar com outra pessoa.
– Não apontar, cochichar ou ignorar.
– Parabenizar em aniversários e datas comemorativas.

Etiqueta à mesa
– Vestimenta de acordo com a refeição; quando evitar bonés, ficar sem camisa ou sapatos.
– Como usar corretamente um guardanapo para limpar a boca.
– Como segurar os talheres corretamente. Mãos ou talheres?
– Quando iniciar a refeição, terminar ou sair da mesa; como e o que falar.
– Mastigar com a boca fechada, canudos e utensílios, sem barulho.
– Cotovelos fora da mesa … postura ao comer e alimentos dentro do prato.
– Cobrir a boca ao espirrar ou tossir.
– Alimentos que não come como manuseá-los no prato.
– Alcançar ou passar utensílios a mesa.
– Como interagir socialmente à mesa.
– Evitar celulares;
– Ao servir, também oferecer a outros. E quando for a última porção?
– Cadeira no lugar e utensílios quando e o que tirar da mesa.
– Mesa posta e festas, como organizar.

Vamos transformar as nossas crianças em adultos seguros, capazes de lidar com qualquer situação. Esteja atento aos ensinamentos em Etiqueta Social e Boas Maneiras à Mesa!

*Tatianna Covolato é especialista em etiqueta social, corporativa e à mesa. Siga no Instagram @euvibytati_etiquette

Quer mais dicas de passeios e novidades de Alphaville e arredores? Inscreva-se na nossa newsletter! É grátis! Às sextas, você receberá os destaques do A&A no seu e-mail: https://bit.ly/2M4XhD2

Deixe seu comentário!

Comentar

Seu e-mail não será publicado.